Filme: O Tempero da Vida

Por Muriel Hamilton Depin

 

Cozinhar é uma verdadeira alquimia que possibilita também originar diversas metáforas importantes. O diretor turco Tassos Boulmetis faz uso disso ao relacionar os alimentos com as relações políticas entre gregos e turcos, conturbadas devido à disputa da ilha de Chipre na década de 1950 – e que culminaram na deportação de 30 mil famílias gregas que viviam na Turquia. Porém, também trata da vida, de relações humanas e até mesmo das ligações cósmicas – já que como o próprio protagonista lembra, a palavra astrônomo está na palavra gastrônomo.

O menino Fanis, de sete anos, vive em Istambul, com o pai grego, a mãe e o avô turcos. É o avô, dono de uma loja de temperos e especiarias, que incendeia sua imaginação com as aulas sobre gastronomia, propriedade dos temperos, sabores do estômago e segredos dos céus e estrelas. Por exemplo, segundo ele, a pimenta é o Sol – a vida -, o sal dá gosto à vida, e a canela é Vênus – a mulher, doce e amarga.

colags3

No entanto, tudo muda em 1964, quando ele, a mãe e o pai são deportados da Turquia e obrigados a voltar para a Grécia. Nascido em Istambul, Fanis é tido como grego na Turquia e turco na Grécia. Ele dorme nas aulas gregas e só consegue se encontrar na cozinha – se revelando um cozinheiro dotado. Em determinado momento, os pais são chamados à escola para conversar com a professora que proíbe a criança de estudar junto ao fogão, pois os aromas o distraem da Grécia e o remetem à Turquia. É perceptível que sua origem, essência e nacionalidade estão na cozinha de Istambul e nos ensinamentos do avô.

Assim como seu avô relacionava os temperos os com corpos celestes, ao crescer, Fanis divide seu tempo entre o cargo de professor de astronomia e com o de cozinheiro. Após 35 anos, ele deixa Atenas e viaja para sua cidade natal para se reunir com seu avô e seu primeiro amor – viagem essa que o fará perceber que ele se esqueceu de colocar um pouco de tempero em sua própria vida.

Sendo assim, “O Tempero da Vida” é um filme com todos os ingredientes para entreter, divertir e emocionar.

O Tempero da Vida (Politiki kouzina, 2003 / Grécia)

Direção e Roteiro: Tassos Boulmetis

Elenco: Georges Corraface, Ieroklis Michaelidis, Renia Louizidou

Duração: 108 min.

 

REFERÊNCIAS:

http://www1.folha.uol.com.br/fsp/ilustrad/fq1803200522.htm

http://www.cinepipocacult.com.br/2015/03/o-tempero-da-vida.html

https://omelete.uol.com.br/filmes/criticas/o-tempero-da-vida/?key=23528


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s