Extrato de própolis e o envelhecimento da pele

Por Karine Kahl

A exposição à radiação ultravioleta A (UVA) é a principal causa do envelhecimento da pele humana. Ela ocorre nos comprimentos de onda mais longos do espectro UV e é prejudicial para a pele, pois produz espécies reativas de oxigênio (ROS) em fibroblastos, o que induz ao estresse oxidativo levando à morte celular. A morte desses fibroblastos diminui a síntese de colágeno, elastina e hialuronano, o que resulta no envelhecimento cutâneo. Para proteger a pele do fotoenvelhecimento, é importante suprimir a morte das células. Um fator de transcrição do estresse oxidativo, o Nrf2, possui um papel importante protetor na pele e outros órgãos.

Própolis 2

O própolis tem sido comumente usado como um medicamento tradicional desde os tempos antigos. Ele é preparado a partir de uma mistura de ceras coletadas pelas abelhas de certas árvores e flores. As propriedades e constituintes do própolis diferem e dependem da sua origem geográfica. O própolis verde brasileiro possui atividade antibacteriana, anti-inflamatória, antioxidante e antitumoral. O extrato aquoso de própolis (EAP) contém substâncias que protegem as células da pele contra a morte induzida pela irradiação UVA.

Um estudo publicado em 2015 examinou o mecanismo de proteção da pele mediado pelo extrato aquoso de própolis e se há envolvimento do fator Nrf2 (antioxidante). Para isso, foi utilizado o própolis verde brasileiro para produzir o extrato aquoso e ser posteriormente adicionado às culturas de células que seriam então expostas à luz UVA. Assim, o nível de expressão de HO-1 (antioxidante) foi avaliado e como resultado percebeu-se que a adição do extrato aquoso de própolis conseguiu regular a expressão da enzima. Além disso, também se observou uma aceleração do Nrf2 (antioxidante).

O estudo concluiu, então, que o extrato de própolis atuou como indutor precoce de HO-1 e Nrf2 para proteger a pele contra o estresse oxidativo causado pela irradiação UVA.

Leia o estudo completo:

https://www.ncbi.nlm.nih.gov/pmc/articles/PMC4661975/pdf/12906_2015_Article_945.pdf

REFERÊNCIA:

SAITO, Yuichi et al. Brazilian green propolis water extract up-regulates the early expression level of HO-1 and accelerates Nrf2 after UVA irradiation. Bmc Complementary And Alternative Medicine, Gifu (Japão), v. 421, n. 15, p.1-8, 26 nov. 2015.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s