Documentário: “Brasil Orgânico”

Por Muriel Hamilton Depin

A agricultura deveria ser um meio de levar o alimento saudável da terra para a mesa da população, fornecendo, assim, nutrientes e energia para o indivíduo consumidor. No entanto, não é isso que tem ocorrido. O Brasil é um dos países que mais usam agrotóxicos no mundo e análises revelam altas doses em verduras, legumes e frutas – o que já é comprovado ser altamente prejudicial para a saúde. Porém, a agricultura convencional com uso de insumos químicos não prejudica só quem consome o produto, mas também a saúde do agricultor, da terra, do meio ambiente e dos lençóis freáticos. Logo, este tipo de agricultura alcança seu propósito de levar o alimento para a mesa de milhões de brasileiros, mas consigo leva também uma quantidade absurda de veneno e um risco eminente para a saúde destas pessoas.

O documentário “Brasil Orgânico” desvenda a produção de alimentos orgânicos em várias regiões do Brasil, mostrando a possibilidade de uma agricultura sem o aditivo de química. A saúde está implícita na questão do orgânico tanto para os que o consomem quanto para aqueles que o produzem e comercializam – revelando a ampla dimensão que a cadeia de produção alimentar possui na saúde humana e como seus reflexos se estendem do início da produção até o consumo.

Desta forma, ao longo do filme é possível entender que o alimento orgânico é mais do que somente a ausência do agrotóxico, ele é sustentabilidade e biodiversidade, é saudável para o consumidor e para o agricultor, além de estimular a agricultura familiar e local e ir contra a monocultura.

A população brasileira parece estar cada vez mais atenta para a questão do orgânico, com a conquista no espaço dos mercados e feiras graças ao interesse dos populares por alimentos sem agrotóxicos. Porém, além da valorização e incentivo dos alimentos orgânicos, faz-se necessário buscar por preços que consigam competir com os dos alimentos com agrotóxicos – visto que a maior parte da população ainda não consegue ter acesso devido a esse fator.

 

Brasil Orgânico (Brasil, 2013)
Diretor: Kátia Klock e Lícia Brancher
Duração: 58 min.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s